in , ,

Falência múltipla: A triste partida de braço direito de Faustão, na Globo, e o comunicado de luto ao Brasil

Faustão passou por uma perda irreparável no programa

O programa da Faustão, que passava durante a Globo, fazia as noites das populações brasileiras, seja com o humor ou com as apresentações que o programa tinha. No entanto, o programa acabou passando por uma triste perda após a morte do braço direito de Faustão.

Segundo a G1, Antônio Pedro de Souza, conhecido como Russo, faleceu aos 85 anos no dia 28 de janeiro de 2017, em Duque de Caxias. Ele estava internado no Hospital Mário Lioni, na Baixada Fluminense, por uma semana e veio a óbito devido a uma embolia pulmonar, conforme relatado por sua neta, Bruna Bergamini.

Luto urgente: Parceiro de Roberto Carlos tem morte confirmada por jornal da Globo após luta contra câncer

Antônio Pedro de Souza, Russo (Reprodução/Internet)
Antônio Pedro de Souza, Russo (Reprodução/Internet)

Russo desempenhou o papel de assistente de palco na TV Globo por mais de 40 anos, chamando a atenção do público e da mídia por sua colaboração com apresentadores renomados como Xuxa, Chacrinha, Faustão e Angélica.

O Hospital de Clínicas Mário Lioni informou que Russo, cujo nome completo é Antônio Pedro da Silva Souza, faleceu pela manhã de sábado devido a complicações relacionadas a uma infecção pulmonar.

Câncer: A morte precoce de estrela dos domingos da Globo e o comunicado de luto de Datena: “Muito difícil”

O ex-assistente de palco enfrentava o Mal de Alzheimer e necessitava de cuidados nos últimos anos. Separado da esposa, Adriana Mello, há dois anos, Russo morava ao lado de sua filha Fernanda.

Antes de sua triste morte, a família visitou Russo no hospital, e ele expressou o desejo de deixar o local. Bruna Bergamini compartilhou: “Fomos visitá-lo todos os dias. Na verdade, ele pouco falava… só pedia o tempo inteiro pra sair daquele lugar”, comentou.

Em suas redes sociais, Bruna prestou uma triste homenagem ao seu avô:

“E é desse jeitinho que vamos guardar você no coração, com todo aquele carinho e amor que você nos dava é impossível sentir alguma coisa ruim com a sua perda, pois você não foi só pai, avô, tio, pra nós você foi um anjo, um anjinho lindo pra se guardar com muito carinho. Você se foi e eu nem sei como agir sabendo que nunca mais terei os seus beijos, mas agradeço a Deus pela sua longa vida a nosso lado, agradeço a Deus pois sei que ele tá cuidando neste momento de você, e obrigado vovô por todas vezes que você não deixou ninguém ficar triste ao seu lado sempre contagiando a todos com a sua alegria. Queríamos muito ter você conosco pra SEMPRE, mas todos nesse mundo tem a sua hora e essa foi a sua. Vai com Deus meu velhinho! E ah da um beijinho em nosso outro anjinho que já esta aí em cima. Não digo um Adeus mas sim um até breve porque sei que um dia vamos nos reencontrar”, escreveu.

Carreira na Globo

Além de sua atuação nos programas de Faustão, Russo foi parceiro de Xuxa e fez parte do elenco de Os Trapalhões, Sua demissão em 2014, aos 82 anos, gerou polêmica, pois, mesmo aposentado, ele desejava continuar trabalhando.

Em entrevista ao UOL, Russo expressou sua decepção com o cancelamento do crachá:

“Não posso mais ir ao Projac [atualmente chamado de Estúdios Globo]. Agora só com autorização. Não posso mais entrar lá, porque meu crachá foi cancelado. Passo mal quando chego na portaria, tento passar meu crachá na catraca e não consigo entrar porque me proibiram. Meu coração fica triste. Gosto muito de trabalhar. Não gosto de ficar parado”, comentou Russo.

Infarto fulminante ao vivo A triste morte de apresentador da Globo ao sofrer mal súbito e emissora sair do ar

Segundo o site Notícias da TV, já fora da Globo, Russo teve uma participação marcante no Domingo Show, em 2016, onde expôs sua insatisfação com a situação. Mesmo com a oferta de apoio psicológico e plano de saúde mantido pela emissora,  ele recusou a ajuda.

“Eles me mandaram embora sem pai e sem mãe. Foi uma covardia o que fizeram comigo. Eu não queria parar de trabalhar”, comentou Russo, indignado com a situação

A trajetória de Russo também foi marcada por um episódio de AVC em 2015, mas ele se recuperou e continuou sua vida fora das telinhas.

A despedida oficial veio em janeiro de 2017, quando Faustão prestou uma homenagem emocionante ao colega no Domingão:

“Nós temos que registrar, infelizmente, a morte do operador de microfone que durante 46 anos trabalhou na Globo com muita competência e dignidade. O Antônio Pedro de Souza e Silva, o Russo. Catarinense, criado no Rio de Janeiro, trabalhou nos programas do Chacrinha, do Domingão, no programa da Xuxa, e que morreu aos 85 anos, deixando o trabalho com muita dignidade.”, comentou.

Luto urgente: Ator aclamado no Brasil acaba de ter morte confirmada aos 65 anos após luta contra câncer

Antônio Pedro de Souza, Russo (Reprodução/Internet)
Antônio Pedro de Souza, Russo (Reprodução/Internet)

Luto: Globo confirma morte de ator icônico do canal e comunicado faz o Brasil chorar: “Buraco no peito e na alma”

The post Falência múltipla: A triste partida de braço direito de Faustão, na Globo, e o comunicado de luto ao Brasil appeared first on TV Foco.

Na surdina: Corinthians age rápido e se arma para assinar com atacante chutado por Abel no Palmeiras

Dê adeus ao salão e ao gasto: 5 truques caseiros infáliveis para cobrir os cabelos grisalhos na sua casa