in , ,

“Morreu nesta sexta-feira”: Perda irreparável de ídolo do Botafogo acaba de ser anunciada e devasta o Brasil

Legado inesquecível e LUTO no coração dos torcedores: Grande ídolo do Botafogo tem morte confirmada

Hoje, o coração da torcida alvinegra está envolto em tristeza e pesar, pois o Botafogo perdeu um de seus maiores ícones. A notícia da morte do ex-jogador, aos 79 anos, deixou a comunidade botafoguense em estado de choque e luto.

O jogador, cujo nome se confunde com a história gloriosa do Botafogo, faleceu nesta sexta-feira no Ceará.  Sua contribuição para o clube vai além dos gols marcados ou das jogadas inesquecíveis; trata-se de um legado de paixão, dedicação e amor ao futebol que inspirou gerações de torcedores.

Nascido no Rio de Janeiro, Dimas Filgueiras atuou no Botafogo em um período extremamente vencedor da história do clube. Ele fez parte do elenco alvinegro de 1963 a 1970. Ele foi bicampeão carioca e campeão brasileiro pelo Botafogo.

Camisa do Botafogo (Foto: Reprodução - Globo Esporte)
Camisa do Botafogo (Foto: Reprodução – Globo Esporte)

Dimas Filgueiras, ex-técnico morreu aos 79 anos. A informação foi confirmada pela sua filha, Vânia Filgueiras, nas redes sociais. Atuando, foram 514 jogos pelo Alvinegro. Dimas teve participação direta em 13 títulos pelo Vovô. Ele se despede deixando esposa, quatro filhos e quatro netos

Carioca, chegou à Capital cearense em 1971 para jogar pelo Fortaleza, mas se transferiu para o Vovô logo no ano seguinte. Jogou no Ceará até 1976, até se aposentar. Fora das quatro linhas, seguiu atuando pelo Vovô em outras funções e era “convocado” com frequência para assumir o comando técnico de forma interina.

Dimas foi o único a conquistar duas classificações para competições internacionais (Copa Conmebol de 1995 e Sul-Americana de 2011).

Ex-jogador Dimas Filgueiras (Foto: Reprodução - Globo Esporte)
Ex-jogador Dimas Filgueiras (Foto: Reprodução – Globo Esporte)

Sua carreira

Seja como jogador ou técnico, Dimas defendeu o Vovô em 647 partidas oficiais e conquistou cinco títulos. Como jogador, foram 133 partidas. Ao todo, foram 67 vitórias, 32 empates, 34 derrotas, com dois gols marcados. Foi bicampeão estadual em 1975 e em 1976.

Como treinador, foram 514 jogos. É, até hoje, quem mais comandou o clube na história. Somou 250 vitórias, 156 empates e 108 derrotas. No comando do Alvinegro, faturou os estaduais de 1989, 1996 e 2002. Participou ainda das campanhas dos títulos de 1990, 1992, 1993, 1998, 1999, 2011, 2012 e 2013.

Quem foram os fundadores do Botafogo?

Segundo o site do time, Flávio Ramos e Emmanuel Sodré estudavam no colégio Alfredo Gomes e, durante uma aula de álgebra, nascia a primeira ideia de fundar um clube, através de um bilhete passado por Flávio a Emmanuel, que dizia: “O Ithamar tem um clube de football na Rua Martins Ferreira. Vamos fundar outro no Largo dos Leões? Podemos falar aos Werneck, ao Arthur César, ao Vicente e ao Jacques”. E assim tudo começou.

The post “Morreu nesta sexta-feira”: Perda irreparável de ídolo do Botafogo acaba de ser anunciada e devasta o Brasil appeared first on TV Foco.

Adeus de atacante e chegada de rival gigante do Brasileiro: Botafogo arma 2 viradas para se salvar em 2024

Imune a queda e humilha loiras e morenas: 5 passos milagrosos pra ter o cabelo grisalho perfeito depois dos 60