in , ,

Nova isenção cai como vitória: Famílias que ganham até R$ 4,2 mil estão LIVRES desse imposto em 3 passos

Confira agora sobre como ganhar isenção nesse imposto temido em apenas 3 passos

E na noite desta segunda-feira (1), o TV Foco traz como destaque uma nova isenção em imposto que cai como um verdadeiro presente a milhares de famílias no Brasil.

Afinal, simplesmente as famílias que ganham até R$ 4,2 mil estão LIVRES desse imposto tão temido em 3 passos e vocês ficarão por dentro de todos os detalhes agora. As informações são do portal FDR.

De acordo com o que foi divulgado pela fonte, para as famílias com renda de até R$ 4.236, o governo está oferecendo um importante benefício: a Tarifa Social de energia.

Para quem não sabe, o programa age financiando, assim, parte da conta de energia elétrica para aqueles que se enquadrarem nos critérios pré-estabelecidos, como, por exemplo, estar inscrito no CadÚnico.

Dessa forma, é muito importante que todos saibam que garantir isenção na conta de luz, com o programa Tarifa Social, que pode conceder um baita desconto.

A salientar, o programa tem a missão de garantir o acesso à energia elétrica, um serviço essencial, mesmo para aqueles que enfrentam dificuldades financeiras. E, para ter acesso à Tarifa Social, é necessário seguir alguns critérios, ou seja, três passos, impostos pelo governo. São eles:

  • Ter uma renda familiar mensal por pessoa inferior a meio salário mínimo;
  • Ser inscrito no CadÚnico (Cadastro Único); 
  • Estar em outros programas sociais específicos, como o Bolsa Família.

Como funciona o programa Tarifa Social?

É muito importante deixar claro que os descontos na conta de energia variam de acordo com o consumo mensal e a faixa de consumo estabelecida pelo programa. De acordo com o portal GOV.BR, as  famílias enquadradas na subclasse baixa renda com consumo de até 30 kWh mês pagam 65% a menos na conta de luz.

A segunda faixa de desconto é de 40% e pode ser aplicada a quem consome de 31 kWh até 100 kWh mês. A terceira faixa de desconto é de 101 kWh até 220 kWh mensais, cujo abatimento é de 10%.

Por fim, como foi dito acima, para usufruir da Tarifa Social, as famílias precisam cumprir alguns requisitos. Os principais são a inscrição dos moradores no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e ter renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa.

The post Nova isenção cai como vitória: Famílias que ganham até R$ 4,2 mil estão LIVRES desse imposto em 3 passos appeared first on TV Foco.

250 milhões e lojas engolidas: O fim de rede de supermercados tradicional após compra pelo Pão de Açúcar

Saldo do FGTS liberado, abono garantido e +1: Caixa e BB se unem com 3 saques a trabalhadores em abril